Saude

【DOR NAS COSTAS】Remédio Caseiro para Dor nas Costas Lombar

 

 

Tipos comuns de dor nas costas, suas condições e tratamentos

Dor nas Costas Remédio Caseiro. A dor no pescoço ou nas costas está piorando.

Permanente por mais de alguns minutos é cada vez mais doloroso. Seu braço ficou dormente tentando servir uma xícara de café. Seu pescoço ficou tão duro que virar a cabeça é difícil.

Soa familiar? É hora de ver um médico.

Enquanto você aceita que precisa ter seus sintomas observados, o pensamento de precisar de cirurgia da coluna pode ser assustador.

O primeiro passo para uma vida sem dor é diagnosticar a causa de suas dores.

Leia nosso verificador de sintomas comuns de dor nas costas para ajudá-lo a entender sua dor e ver o que isso pode significar para você:

 

→ PRINCIPAIS DICAS FINAL DO ARTIGO

 

Quer ver depoimentos e dicas sobre Dor Lombar

Deixe seu comentário no vídeo abaixo!

Trabalhamos com amor e dentro do possível seu comentário será respondido!

Este conteúdo não substitui uma consulta medica!

#dietablogbr

 

(VÍDEO) → Como Prevenir a Dor Lombar? O Que Pode Ser?

 

Sintoma nº 1: Dor cervical crônica, com dificuldade para virar o pescoço.

Em muitos casos, essa dor é frequente e dificulta a vida diária. Dor no pescoço e formigamento nos braços são comuns, juntamente com a incapacidade de virar a cabeça de um lado para o outro.

Dor e formigamento também podem ocorrer na parte inferior das costas, causando dor nas costas que pode se espalhar para as pernas.

Esses sintomas podem piorar com movimentos cotidianos, como torcer, flexionar, alcançar ou levantar.

– O que poderia ser: doença degenerativa do disco

O aumento da idade na maioria das vezes causa degeneração do disco, embora não seja necessário ser idoso para tê-lo.

A condição é causada por alterações normais na coluna vertebral à medida que o envelhecimento ocorre e é uma das causas mais comuns de dor nas costas em adultos de meia-idade e idosos.

Como é tratado:

Se medicação, fisioterapia e mudanças no estilo de vida não forem suficientes para corrigir a dor, recomenda-se um procedimento cervical minimamente invasivo conhecido como substituição do disco artificial do colo do útero.

Uma pequena incisão de um centímetro é feita ao longo da parte de trás do pescoço para remover o disco degenerado existente e substituído por um novo disco projetado para trabalhar com o movimento natural da coluna.

 

Sintoma # 2: dor na perna que se estende para baixo na parte de trás da perna (frequentemente com formigamento nos pés e dedos dos pés)

Você tem dor que se origina na parte inferior das costas, mas é muito pior nas pernas. A dor viaja da área das nádegas na parte de trás da perna.

Sofredores desta condição têm dificuldade em ficar e geralmente se sentem melhor quando está deitado ou andando.

– O que poderia ser: ciática

Dor ciática, ou dor no nervo ciático, é uma das várias condições que resultam de uma hérnia de disco, que tem uma série de sintomas diferentes, dependendo de onde ele está localizado.

Essa condição é uma das mais comuns a resultar de uma hérnia de disco, causada pela pressão do disco danificado no nervo ciático até se tornar uma condição crônica.

Muitos irão confundir os sintomas da ciática com um problema nas pernas.

Como é tratado:

Tal como acontece com a degeneração do disco, uma Discectomia Endoscópica também é usada para a Ciática para remover parte da hérnia de disco causando a dor do nervo ciático.

 

Sintoma nº 3: dor severa na parte inferior das costas

Essa dor piora e piora com o tempo, especialmente quando se está em pé por longos períodos. Inclinar-se para frente ajuda a aliviar um pouco da dor.

Outros sintomas incluem aperto nas nádegas e na parte superior das pernas, que parece nunca desaparecer.

– O que poderia ser: estenose espinhal

Estenose espinhal é o estreitamento do canal vertebral, muitas vezes na base da coluna vertebral, o que resulta em uma dor grave e ardente.

O envelhecimento natural é o principal culpado, mas a genética, como nascer com um canal menor ou um distúrbio hereditário, e uma postura inadequada, como a sensação de curiosidade, também podem levar à estenose.

Como ele é tratado: Os tratamentos de autocuidado, como medicamentos ou fisioterapia, são prescritos antes de nossos médicos recorrerem a um procedimento ambulatorial de um dia conhecido como Laminoforaminotomia.

 

Sintoma nº 4: dor irradiada no pescoço, costas ou membros com mobilidade reduzida.

A dor localizada e incômoda geralmente irradia para fora ou para baixo nas costas e afeta os braços ou as pernas – dependendo se a dor se originou na parte superior ou inferior das costas.

O sintoma mais comum que acompanha a dor radiante é a falta de mobilidade e a redução da amplitude de movimento.

Outros sintomas característicos incluem dormência, formigamento ou fraqueza muscular.

– O que poderia ser: deslizamento discal

Também chamado Espondilolistese, um disco deslizado pode ser uma das condições mais dolorosas da coluna, dependendo da gravidade.

Ocorre quando uma vértebra sai da posição e se move para o osso diretamente abaixo dela, o que coloca pressão sobre os nervos da medula espinhal. Um disco deslizado é mais comum no pescoço, mas pode ocorrer em qualquer parte da coluna.

Como é tratado: Um disco deslizado tem um processo de tratamento de dois estágios, dependendo da gravidade:

– Laminectomia Descompressiva – Ajuda a reparar a vértebra, causando pressão na medula espinhal, removendo parte do osso para dar mais espaço aos nervos afetados.

– Fusão da coluna vertebral – melhora a estabilidade geral da coluna e é necessária para casos mais graves de espondilolistese, ou quando uma laminectomia não resolve o problema.

As duas vértebras afetadas são fundidas usando técnicas minimamente invasivas que não exigem o corte do músculo.

Muitas condições da coluna vertebral têm efeitos colaterais semelhantes, por isso é importante discutir sua dor com um médico ortopedista para que ele ou ela possa lhe dar um diagnóstico adequado e fornecer opções de tratamento.

Se a cirurgia da coluna minimamente invasiva for necessária para os seus sintomas, ela pode ser feita em um dia com pouco tempo de recuperação.

A dor nas costas lombar pode ser debilitante, mas isso não significa que você está preso a viver com ela.

 

Remedio Para Dor Nas Costas Tratamento CASEIRO

1. Remédio caseiro para má circulação

Um bom remédio caseiro para dor nas pernas causada pela má circulação sanguínea é massagear as pernas com o óleo de angico ou o óleo de rícino porque eles ajudam a melhorar a circulação sanguínea.

Ingredientes:

1 bacia com água morna
15 ml de óleo de angico ou o óleo de rícino
Modo de preparo:

Colocar o óleo na água morna, mergulhar os pés nessa água e esfregar as pernas com movimentos circulares.

Para potenciar esse tratamento caseiro, pode ainda esquentar algumas folhas de mamona com o ferro de passar roupa, e depois cobrir a perna com uma toalha aquecida, porque isto também traz mais conforto e alívio dos sintomas, principalmente nos dias mais frescos.

2. Óleo de angico

O óleo de angico tem propriedades fortificantes, lubrificantes, cicatrizantes, anestésicas, expectorantes e antibióticas e por isso seu óleo é bom para massagear as áreas doloridas das pernas.

É possível comprar o óleo pronto em algumas farmácias ou lojas de produtos naturais, ou mesmo fazê-lo em casa.

Ingredientes
200 gramas de entrecasca de angico;

Óleo de soja.

Modo de preparo
Colocar as cascas em um recipiente, cobri-las com o óleo de soja
Leve o recipiente com as cascas e o óleo ao fogo em banho Maria e deixe ferver por 30 minutos. Desligue e deixe esfriar!
O óleo está pronto! Agora é só aplicá-lo nas pernas fazendo uma massagem rotativa e suave.

3. Chá de manjericão

O chá de manjericão, um verdadeiro remédio natural muito útil para aliviar dores nas costas, deve ser consumido duas vezes ao dia, de preferência na parte da manhã e na hora de dormir.

Pegue dez folhas de manjericão e ferva em duas xícaras de água, espere o chá ficar em temperatura morna, coe e beba.

Dica: adicione gengibre no chá, este ingrediente também possui propriedades que podem ajudar a aliviar a dor nas costas.

ATUALIZADO: 17.04.18

No Comments

Leave a Reply